Poços da Pemex suspensos após incêndio voltarão a funcionar este mês

·1 minuto de leitura
(Arquivo) Posto de combustíveis na Cidade do México

O diretor da estatal Petróleos Mexicanos (Pemex), Octavio Romero, informou nesta quarta-feira que terminarão de entrar em operação no próximo dia 30 os 125 poços de petróleo cuja produção foi suspensa no último domingo devido a um incêndio em uma plataforma marítima, que deixou cinco mortos.

“O objetivo é retomar a produção completa na próxima segunda-feira, disse Romero ao portal Aristegui Notícias. O prejuízo com a suspensão desses poços é de "25 milhões de dólares por dia", assinalou.

O acidente ocorreu em uma plataforma do complexo Ku-Maloob-Zaap (KMZ) localizada no Golfo do México, durante uma manutenção programada. Cinco funcionários morreram e dois estão desaparecidos.

O complexo produz 718 mil barris por dia, o equivalente a 40% do 1,68 milhão de barris produzidos no país, acrescentou Romero.

A Pemex precisa aumentar seus investimentos para reverter a queda prolongada de sua produção, que diminuiu da média de 3,4 milhões de barris por dia em 2004 para 1,7 milhão hoje.

jg/jla/mr/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos