Pode ser necessário voltar a bancadas para tratar reforma da Previdência, diz relator

BRASÍLIA (Reuters) - O relator da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), disse nesta quarta-feira que segue prevendo aprovação da proposta no primeiro semestre, mas ponderou que poderá ser necessário voltar a todas as bancadas para conversar sobre o texto.

Falando a jornalistas, ele também afirmou que não considera uma derrota para o governo o fato de os deputados terem, na véspera, retirado exigência de aumento da contribuição previdenciária dos servidores estaduais para os Estados que aderirem ao regime de recuperação fiscal. Para o deputado, a reforma da Previdência é outro assunto e deverá ser apreciada como tal.

(Por Marcela Ayres)