'Podemos finalmente respirar'

Uma multidão no lado de fora do tribunal onde o ex-policial Derek Chauvin foi condenado, comemorou o veredito. O réu foi considerado culpado de todas as acusações pela morte do afro-americano George Floyd.