Poderosa! 7 pioneirismos de Anitta em uma década na música

Anitta com o prêmio de Melhor Artista Feminina Latina no American Music Awards 2022
Anitta com o prêmio de Melhor Artista Feminina Latina no American Music Awards 2022. Foto: VALERIE MACON/AFP via Getty Images

Resumo da notícia:

  • Anitta venceu o prêmio de Melhor Artista Feminina Latina do American Music Awards no domingo (20)

  • Cantora se tornou a primeira brasileira a levar a estatueta na história da música

  • Reunimos alguns pioneirismos da artista carioca ao longo da carreira

Ela é o momento! Anitta voltou a ser assunto mundial por suas conquistas neste domingo (20). A artista se tornou a primeira brasileira a vencer um prêmio do American Music Awards (AMA). Ela garantiu a estatueta de Melhor Artista Feminina Latina ao desbancar estrelas como Becky G, Kali Uchis, Karol G e Rosalía.

"Primeiramente queria agradecer todos os meus fãs, vocês são incríveis e sem vocês, e todos meu país, o Brasil, eu não estaria aqui hoje. É a primeira vez que temos um brasileiro vencedor aqui. Segundo, queria agradecer meu time e minha família e a mim mesma, que trabalhei tão duro", iniciou em seu discurso.

"Também dedicar esse prêmio aos demais indicados que amo tanto. Becky G, minha amiga que amo tanto e que merece tudo. Rosalía, e todos os demais. Não há vencedor se não há pessoas indicadas aqui por fazer um trabalho maravilhoso. Obrigada!’’, concluiu.

O detalhe é que a vitória é apenas mais um feito inédito na década de carreira da artista. Anitta coleciona pioneirismos e reunimos outros seis deles ao longo dos últimos anos.

Primeira brasileira a atingir 100 milhões de views em clipe

Em 2015, a artista já quebrava recordes com números impressionantes. Com o hit "Show das Poderosas", lançado em 2013, ela se tornou a primeira artista nacional a alcançar 100 milhões de visualizações em um clipe no Youtube.

Primeira brasileira a ganhar prêmio do EMA

Ainda há sete anos, Anitta levou o prêmio de Melhor Artista Latina com o sucesso de “Deixa Ele Sofrer” ao se tornar pioneira do Brasil a levar o EMA. Na cerimônia europeia da MTV, realizada em Milão, na Itália, ela desbancou o cantor argentino Axel, o colombiano J Balvin e o mexicano Mario Bautista em seu primeiro prêmio internacional da carreira.

Primeira brasileira no TOP 1 Global

Após viralizar com a coreografia de "Envolver", que virou trend no TikTok, Anitta se tornou a primeira brasileira a conquistar o 1º lugar do Top Global do Spotify. O feito inédito, ocorrido em março deste ano, ainda garantiu um registro da cantora no Guinness Book.

Primeira brasileira no palco principal do VMA

Em agosto, Anitta levou o funk para o público do Video Music Awards (VMA), prêmio promovido pela MTV nos Estados Unidos, como pioneira nacional no palco da cerimônia. Ao som do hit global "Envolver", ela fez o show rodeada de bailarinos e ainda entoou trechos de sucessos como "Vai, Malandra" e "Movimento da Sanfoninha".

Primeira brasileira a ganhar o VMA

E foi a música interpretada no palco do VMA que fez Anitta vencer o prêmio de "Melhor Clipe de Música Latina". A primeira brasileira a levar uma estatueta da premiação desbancou nomes como Bad Bunny, eleito Melhor Artista do Ano, Daddy Yankee e J Balvin.

"Eu quero agradecer: obrigado à minha família e aos meus fãs. Hoje eu cantei aqui um ritmo que, por muitos anos no meu país, foi considerado crime. Eu nasci no gueto do Brasil e, para quem nasceu lá, a gente nunca pensou que isso foi possível. Então muito obrigada", afirmou no discurso emblemático da vitória.

Primeira mulher a ganhar prêmio de Wall Street

Homenageada no prêmio The Innovator Awards, criado pelo jornal Wall Street Journal, Anitta rompeu barreiras de gênero além do Brasil. Em novembro deste ano, a Girl from Rio se tornou a primeira mulher do mundo a receber uma das maiores honrarias da cerimônia, que premia artistas inovadores.

Artistas como Tyler, The Creator, BTS e Lil Nas X já foram consagrados com o mesmo prêmio, o que também coloca a brasileira como a primeira latina entre os reconhecidos.