Polêmica envolvendo suposta orgia em casa alugada viraliza nas redes sociais

Extra
·1 minuto de leitura

Áudios que seriam de uma conversa entre uma proprietária de um imóvel estaria no Airbnb, chamada de Verônica, e um locatário, identificado como Felipe, viralizaram nas redes sociais nesta quarta-feira (14). Na troca de mensagens, ela afirma ter visto, por câmeras, o locatário e seus amigos fazendo uma orgia pela casa, o que teria violado as regras do local. Felipe rebate a história.

A dona da casa, no diálogo, reclama do comportamento de Felipe. "Você tem que ser claro na sua proposta. Você tem que perguntar para saber que tipo de casa tem que locar [...]. Você não pode locar uma casa para você seu churrasco de aniversário com seus amigos, que eram 15, e de repente, fazer da casa da pessoa um bordel, uma suruba”, diz no suposto áudio.

Felipe responde que não há erro dos dois lados e que "houve uma falta de clareza, mas apenas da sua parte. Pelo que eu tô entendendo, você deveria ter colocado no título do seu anúncio".

No Twitter, usuários se questionavam sobre as regras das plataformas de aluguel, em relação tanto a relações sexuais quanto ao uso de câmeras, por exemplo.

Alguns usuários se manifestaram lembrando que a aglomeração, em épocas de pandemia, também gera multa:

O Airbnb informou que está apurando o possível caso mencionado pela reportagem, destacou que possui regras e Termos de Serviço e que anfitriões ou hóspedes que desrespeitem as políticas de uso estão sujeitos às medidas cabíveis.