Polícia alemã detém iraniano suspeito de planejar ataque “de motivação islâmica”

Polícia alemã detém iraniano suspeito de planejar ataque de 'motivação islâmica'

Por Christoph Steitz e Stephane Nitschke e Andreas Kranz

CASTROP-RAUXEL, ALEMANHA (Reuters) - A polícia alemã prendeu um cidadão iraniano de 32 anos suspeito de ter obtido os venenos mortais cianeto e ricina para cometer um ataque "de motivação islâmica", disseram autoridades do oeste da Alemanha neste domingo.

A residência do suspeito na cidade de Castrop-Rauxel foi revistada como parte da investigação, de acordo com um comunicado conjunto do Ministério Público de Duesseldorf e da polícia nas cidades de Recklinghausen e Muenster à imprensa.

A polícia disse que o iraniano é suspeito de planejar um "grave ato de violência, colocando em risco o Estado" ao supostamente adquirir cianeto e ricina para cometer um ataque de motivação islâmica, o que pode levar a uma pena de 6 meses a 10 anos de prisão.

"A Alemanha continua sendo um alvo direto de organizações terroristas islâmicas. Perpetradores solitários com motivação islâmica são outro perigo considerável", disse a ministra do Interior alemã, Nancy Faeser, após a notícia da investigação.

"Nossas autoridades de segurança, portanto, preveem preparativos para um ataque a qualquer momento", disse ela, acrescentando que desde 2000 as autoridades de segurança alemãs já impediram 21 ataques islâmicos no país.

A polícia apreendeu dispositivos de armazenamento eletrônico, mas não encontrou nem cianeto nem ricina durante a busca em Castrop-Rauxel, disse Holger Heming, do Ministério Público de Duesseldorf, à Reuters TV.

(Por Christoph Steitz em Frankfurt e Stephane Nitschke e Andreas Kranz em Castrop-Rauxel; Reportagem adicional de Markus Wacket em Berlim)