Polícia alemã prende possível membro do Estado Islâmico em aeroporto de Munique

BERLIM (Reuters) - Um alemão que voou para a Síria no ano passado para se juntar ao grupo militante Estado Islâmico foi preso no aeroporto de Munique nesta sexta-feira, de acordo com a polícia alemã. A polícia informou que o suspeito, um homem de 31 anos da região de Berlim, viajou para a Síria em dezembro e é acusado de ajudar os insurgentes no registro de novos recrutas e na produção de bombas. A polícia informou que ele realizava a função até maio. O comunicado não fez referência do por que ele estava no aeroporto. A agência de inteligência interna da Alemanha (BfV) estima que cerca de 700 alemães tenham se juntado ao Estado Islâmico no Iraque e Síria. (Reportagem de Joseph Nasr)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos