Polícia Ambiental e Inea fazem operação contra despejo de esgoto em lagoas da Barra da Tijuca

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: Reprodução / TV Globo
Foto: Reprodução / TV Globo

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea), com apoio do Comando de Polícia Ambiental (CPAm), deflagrou uma operação nesta quinta-feira, dia 5, contra o despejo irregular de esgoto nas lagoas da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Os agentes ambientais estão recolhendo amostras em diversos pontos para análises, que devem ficar prontas na próxima semana. As corporações receberam denúncias de que dejetos são jogados no sistema de drenagem de águas pluviais do bairro, tendo como destino o Canal da Joatinga, o Quebra-Mar e a Praia da Barra.

Segundo o órgão, o objetivo é reprimir crimes ambientais na região e adjacências, principalmente em relação à poluição e despejo de efluentes no corpo hídrico sem nenhum tratamento. A equipe fará vistorias em condomínios e estabelecimentos comerciais localizados na região.

Imagens do Globocop, da TV Globo, mostraram manchas e sujeira em um trecho da lagoa no Jardim Oceânico, onde a fiscalização começou, por volta das 7h. A ação também foi coordenada pela Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, por meio da Superintendência Integrada de Combate aos Crimes Ambientais (Sicca).