Polícia apreende 1,7 tonelada de maconha na zona norte de SP

RENATO FONTES
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Cerca de 1,7 tonelada de maconha foi apreendida pela Polícia Civil na praça Professor Francisco D'Auria, no bairro do Limão (zona norte), na sexta-feira (6). Três homens foram presos. A ação foi deflagrada por agentes da 2ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Furtos, Roubos e Receptações de Veículos e Cargas do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais). Durante investigações para combater o crime de roubo de carga, os policiais descobriram que havia um caminhão carregado com a droga em um estacionamento na praça. No local, os agentes encontraram um caminhão trator com um semirreboque com as mesmas características informadas e realizou uma breve campana. Após observar a movimentação e notar que havia um grupo de pessoas retirando a lona da carreta para descarregar a carga, os agentes entraram no estabelecimento. Alguns suspeitos conseguiram fugir, mas três foram detidos. Eles não souberam informar sobre o proprietário e procedência dos veículos e carga. De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), o trio detido alegou que estava no local para trabalhar como "chapa" (ajudante de caminhoneiro), não sabendo o que havia no semirreboque que, aparentemente, estava carregado com uma carga de grãos de milhos. Durante vistoria na carga, foram encontrados 72 fardos com tijolos de maconha sob os grãos, pesando aproximadamente 1.700 quilos do entorpecente, que foi encaminhado para perícia. Os suspeitos foram presos em flagrante e indiciados por tráfico de drogas. As investigações prosseguem para identificar e prender os demais envolvidos.