Polícia apreende 200 quilos de maconha e skunk no Jacarezinho

·1 min de leitura

RIO — Policiais civis apreenderam na manhã desta quarta-feira 200 quilos de maconha e skunk – uma forma de maconha mais forte, com THC (o principal componente da erva) potencializado – no Jacarezinho, na Zona Norte do Rio. O material estava escondido dentro de um galpão abandonado na localidade conhecida como Campo do Abobóra. A favela está ocupada por policiais militares e civis como parte do projeto Cidade Integrada e desde a última quinta-feira.

De acordo com a Polícia Civil, agentes da 35ª DP (Campo Grande, na Zona Oeste) encontraram o material. Segundo a instituição, os policiais chegaram ao local após um levantamento de dados de inteligência. A droga estava escondida no telhado do galpão.

O governador do Rio, Cláudio Castro, comemorou a apreensão. No Twitter, Castro esrcreveu: "Quero parabenizar a @PCERJ pela apreensão de 200 quilos de droga no Jacarezinho. Mais um resultado positivo do programa Cidade Integrada. Os agentes localizaram o material entorpecente escondido sob o telhado de um galpão abandonado, perto do Campo do Abóbora", escreveu o governador, que completou: "Seguiremos trabalhando para livrar as comunidades das mãos do crime com investigação, inteligência e ação".

O governo do estado destacou que, em quase uma semana no projeto, que inclui Jacarezinho e Muzema, na Zona Oeste do Rio, os agentes já apreenderam mais de 300 quilos de drogas, removeram 27 toneladas de concreto e ferro que obstruíam vias públicas e fizeram 48 prisões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos