Polícia belga recupera 1,25 tonelada de cocaína flutuando no mar

Pacotes com cocaína

A polícia recuperou no domingo na costa da Bélgica 1,25 tonelada de cocaína, cujo valor de mercado é de "ao menos 60 milhões de euros", comunicou nesta quinta-feira (6) a promotoria de Bruges, noroeste do país.

No entanto, as autoridades não conseguiram identificar nas águas territoriais belgas a embarcação que descarregou os 25 pacotes, com 50 quilogramas de cocaína cada um, ou até mesmo "quem deveria recebê-los em barcos menores", especificou a promotoria, citada pela agência Belga.

O ministério público, que estimou o preço de venda dessa droga na Bélgica em "ao menos 60 milhões de euros", abriu uma investigação. Até o momento ninguém foi detido, e a carga foi destruída após ter sido encontrada no domingo à tarde por uma embarcação dinamarquesa.

Na Bélgica já foram registrados casos similares. Em março de 2015, foram encontrados 960 quilogramas de cocaína a vinte quilômetros da costa de Oostende, tendo valor estimado em 50 milhões de euros.

"Esse método não é novo, mas está cada vez mais próximo de nossa realidade", declarou ao jornal De Standaard, Ken Witpas, juiz de Amberes (norte do país), especialista em casos de entorpecentes.

De acordo com esse jornal, traficantes da América do Sul enviam frequentemente quantidades da droga à costa europeia por meio de grandes navios de carga, que tem sua carga recuperada por cúmplices a bordo de lanchas, evitando o controle aduaneiro nos portos.