Polícia boliviana detém importante líder de oposição do país

Governador do Departamento de Santa Cruz, Luis Fernando Camacho

LA PAZ (Reuters) - A polícia da Bolívia prendeu o governador do Departamento de Santa Cruz, Luis Fernando Camacho, um importante líder da oposição, informaram as autoridades sem fornecer mais detalhes.

Camacho, que governa um dos territórios mais combativos ao governo do presidente Luis Arce, foi detido na saída de um evento, em um incidente que supostamente envolveu tiros, denunciou a deputada de oposição Paola Aguirre em um vídeo enviado pelo veículo Erbol no Twitter.

"Informamos ao povo boliviano que a polícia boliviana cumpriu o mandado de prisão contra o senhor Luis Fernando Camacho", disse o ministro do governo (Interior), Eduardo del Castillo, em sua conta naquela rede social, sem dar mais detalhes.

Camacho teria sido levado ao aeroporto Viru Viru, em Santa Cruz, para onde também foram seus seguidores para impedir sua transferência para La Paz, onde fica o governo e a sede administrativa do país, segundo imagens da mídia local.

Até o momento, não se conhecem as acusações pelas quais foi preso o líder da oposição, que enfrenta denúncias no caso denominado "Golpe de Estado", ligado à crise política de 2019 que levou à saída do país do então presidente Evo Morales.

(Reportagem de Daniel Ramos)