Polícia Civil conclui perícia sobre incêndio em hospital no Rio

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil
·1 minuto de leitura

A Secretaria de Estado de Polícia Civil do Rio de Janeiro informou hoje (25) que estão em andamento, na 72ª Delegacia Policial (DP) de São Gonçalo, as investigações sobre o incêndio ocorrido ontem (24) no Hospital e Clínica São Gonçalo (HCSG), na região metropolitana.

O incêndio foi provocado por uma explosão, no início da tarde, no Centro de Tratamento Intensivo (CTI), localizado no 5º andar do hospital, fundado em 1966. A perícia já foi realizada no local e testemunhas serão ouvidas, acrescentou a secretaria.

O Corpo de Bombeiros encerrou às 18h03 desta quinta-feira a operação de limpeza no prédio do hospital. O fogo provocou a morte de Carlos Santos, de 62 anos, que estava internado. Três pessoas que ficaram feridas foram transferidas para outras áreas da própria unidade hospitalar. Procurado pela Agência Brasil, o HCSG não respondeu às mensagens até o momento.

A Secretaria de Estado de Saúde informou que não foi solicitada nenhuma transferência por parte do Hospital e Clinica São Gonçalo no Sistema Estadual de Regulação e por nenhuma outra via.