Polícia Civil derruba monumento às vítimas de operação policial no Jacarezinho

A Polícia Civil do Rio de Janeiro destruiuo pequeno monumento montado na favela do Jacarezinho que lembrava os 28 mortos na operação mais mortal da história do Rio, há um ano. De acordo com as autoridades, o memorial era 'ilegal' e fazia 'apologia ao tráfico de drogas'.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos