Polícia Civil estoura ponto de venda de metanfetamina que funcionava em apartamento em Copacabana

Policiais civis da 13ª DP (Ipanema) estouraram um ponto de venda de metanfetamina em um apartamento em Copacabana, na Zona Sul do Rio, nessa sexta-feira (24). Agentes estiveram num dos imóveis no prédio 1.227 da Avenida Nossa Senhora de Copacabana para cumprimento do mandado de busca e apreensão. No endereço foram presos Jonathan Soares Silva e Saulo Mateus Noronha.

No imóvel foram encontrados equipamentos usados para o preparo da droga para a comercialização, como frascos plásticos e pequenos envelopes plásticos, bem como uma balança de precisão.

Segundo as investigações, no endereço os acusados faziam endolação, distribuição e posterior venda no local. Também foi apreendido dinheiro.

Foram encontrados ainda maconha e cristais de metanfetamina, droga que, segundo a polícia, tem valor de comercialização de aproximado de R$ 500 por grama. A equipe estima que a quantidade apreendida totalize R$ 8 mil. A metanfetamina é popular principalmente em países da Europa e retratada na série americana 'Breaking Bad".

Ainda foram encontrados diversos frascos, contendo em seu interior líquido incolor, que também era vendido.

Além da venda direta no apartamento, os suspeitos comercializavam a metanfetamina através da internet, em aplicativos de namoro. Segundo a polícia, que monitorava o endereço e os acusados, haviam diversas denúncias sobre a grande circulação de pessoas no imóvel, que fica num prédio residencial, supostamente com fins de comprar drogas.

Esta é a segunda vez que Jonathan e Saulo são presos pela equipe da 13ª DP. Eles comercializam metanfetamina há cerca de dois anos. Os presos foram encaminhados à audiência de Custódia no Tribunal de Justiça.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos