Polícia Civil prende 14 pessoas envolvidas com a milícia que atua na Gardênia Azul

Extra
·1 minuto de leitura

Catorze pessoas foram presas nesta quarta-feira, dia 3, por envolvimento com a milícia que atua na Gardênia Azul, na Zona Oeste do Rio.

Durante a operação, agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco) capturaram um criminoso da comunidade do Quitungo e cumpriram dois mandados de prisão pelo crime de homicídio contra ele.

Outro miliciano foi preso por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), no bairro Pantanal, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Equipes do Departamento-Geral de Polícia Especializada (DGPE) também participaram da ação, que fez parte da Força-Tarefa da Polícia Civil de combate às diferentes organizações criminosas.

Foi interditada uma loja de roupas falsificadas; um edifício de 14 apartamentos em construção, em que cada imóvel era negociado a R$ 140 mil; um depósito de cesta básica explorado pela narcomilícia que faturava R$ 100 mil por mês, além de um receptador de cabos de telefonia.