Polícia Civil prende taxista que aplicava 'golpe da maquininha' no Rio

·1 min de leitura

Um taxista foi preso por policiais da 10ª DP (Botafogo) e da 21ª DP (Bonsucesso), nesta sexta-feira (3), na Linha Amarela. O homem é acusado de furtar os passageiros quando esses realizavam o pagamento das corridas com cartões de débito ou crédito. A captura foi possível após levantamento de dados de inteligência e monitoramento, diz a Policia Civil.

De acordo com os agentes, ele digitava um alto valor na máquina de cartão com tela escurecida propositalmente e informava ao cliente que o aparelho estaria com problema. Com o objetivo de aplicar o golpe, o preço correto da viagem era mostrado no celular que, segundo o taxista, estaria conectado à maquina. Assim, o homem convencia os passageiros a digitarem a senha.

O criminoso é investigado, desde 2019, em dezenas de ações com a mesma dinâmica. Uma das investidas do taxista, com a finalidade da prática de furto, se transformou em roubo no momento em que a vítima percebeu, ainda no interior do veículo, a subtração indevida de valores de sua conta bancária, que apresentava o débito de quantia desproporcional ao valor cobrado pela corrida.

Segundo os policiais, o homem possui 28 anotações criminais. Contra ele, foram cumpridos mandados de prisão pelos crimes de roubo e de estelionato. O detido foi encaminhado ao sistema prisional.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos