Polícia combate grupo criminoso que extorquia comerciantes no Rio

·1 min de leitura

Policiais civis fazem hoje (6) uma ação para cumprir 46 mandados de busca e apreensão contra suspeitos de extorquir comerciantes em Madureira, na zona norte do Rio de Janeiro. Os alvos da operação Brutus são funcionários públicos municipais e também suspeitos de integrar milícias e quadrilhas especializadas no tráfico de drogas.

Segundo a Polícia Civil, o grupo ameaçava, coagia e extorquia ambulantes e comerciantes do bairro. As investigações apontam que eram movimentados de R$ 60 mil a R$ 90 mil por semana com as cobranças irregulares.

O grupo também é suspeito de envolvimento com assassinatos. Nos últimos dois anos, nove pessoas foram mortas, ou porque não pagaram a propina exigida ou por briga entre facções rivais, de acordo com a Polícia Civil.

O grupo também está sendo investigado por formação de quadrilha, organização criminosa, corrupção e lavagem de dinheiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos