Polícia cumpre mandados de busca contra suspeito de ameaçar Unirio

A Polícia Civil do Rio de Janeiro cumpre nesta terça-feira (21) cinco mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao estudante suspeito de ter ameaçado realizar um ataque a campi da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). A instituição mantém suspensas as atividades em seus dois campi na Avenida Pasteur, na Urca, bairro da zona sul do Rio.

A ação policial é conduzida por agentes da 10ª DP, em Botafogo, e as buscas ocorrem no Rio de Janeiro e em Teresópolis, na região serrana do estado. O objetivo da ação é buscar elementos que contribuam com a investigação instaurada para apurar as ameaças, que foram feitas pelas redes sociais.

A universidade tomou conhecimento das ameaças no último domingo (19) e decidiu suspender as atividades nos dois campi ontem e hoje.

Além disso, o fato foi comunicado oficialmente à Advocacia-Geral da União (AGU), à Polícia Federal (PF), à 10ª Delegacia de Polícia Civil e ao 2º Batalhão de Polícia Militar. Internamente, foi determinada a abertura de procedimento disciplinar contra o aluno, de modo a possibilitar ao estudante a ampla defesa e o direito ao contraditório.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos