Polícia divulga nomes das 10 vítimas de ataque a tiros em mercado de Nova York; veja lista

A polícia de Nova York, nos Estados Unidos, divulgou nesta segunda-feira a identidade das dez pessoas mortas em um ataque a tiros com motivação racial na cidade Buffalo, no sábado. O autor do crime, Payton Gendron, de 18 anos, está preso. O grupo tinha idades entre 32 e 86 anos.

1. Roberta A. Drury, 32 anos

Roberta se mudou de Syracuse para Buffalo para ajudar o irmão, que fez um transplante de medula óssea. Ela trabalhava no bar da família, The Dalmatia.

2. Margus D. Morrison, 52 anos

Margus vivia em Buffalo e era pai de três filhos.

3. Andre Mackneil, 53 anos

Andre vivia em Auburn, Nova York, a cerca de 200 km de Buffalo. Conforme o portal USA Today, estava na cidade visitando parentes e pretendia comprar um bolo de aniversário surpresa para seu neto.

— Ele nunca saiu com o bolo. Esse tipo de surpresa era típico dele. Ele era apenas um cara amoroso e atencioso. Adorava a família. Sempre estava lá para sua família — ressaltou a prima, Clarissa Alston-McCutcheon.

4. Aaron Salter, 55 anos

Aaron era um policial aposentado que trabalhava como segurança no supermercado Top Friendly Mart.

5. Geraldine Talley, 62 anos

Geraldine trabalhou como assistente executiva por anos e era famosa por seu cheesecake. A sobrinha, Kesha Chapman, disse à revista People que Talley era "a pessoa mais doce" que ela conhecia.

— Ela amava todo mundo, estava sempre sorrindo e não gostava de brigas. Ela queria que tudo fosse fácil e cheio de amor — disse Kesha.

6. Celestine Chaney, 65 anos

A idosa foi ao mercado para comprar morangos e fazer bolinhos, disse ao New York Times o filho dela, Wayne Jones. Ela estava na cidade visitando a irmã.

7. Heyward Patterson, 67 anos

Assíduo frequentador da igreja onde era diácono, o idoso levava e buscava pessoas para fazer compras no supermercado.

8. Katherine Massey, 72 anos

Katherine atuava como ativista comunitária em Buffalo. Conforme o jornal Buffalo News, defendia a comunidade negra e frequentemente enviava cartas aos governantes solicitando melhorias para a região. No ano passado, pediu por mais ações federais e legislações para lidar com a violência armada.

. Pearl Young, 77 anos

Pearl administrava uma despensa comunitária e participava de um grupo que preparava sopas para entregar a pessoas em vulnerabilidade.

10. Ruth Whitfield, 86 anos

Ruth foi ao mercado após visitar o marido em um lar para idosos.

— Ela foi uma bênção para todos nós. Amava a Deus e nos ensinou a fazer a mesma coisa — descreveu o filho, o bombeiro aposentado Garnell W. Whitfield ao Buffalo News.

Outras três pessoas ficaram feridas no ataque. A funcionário da mercado Zaire Goodman, de 20 anos, recebeu alta do hospital após ser baleada no pescoço. Jennifer Warrington, 50, também foi tratada e liberada. Já Christopher Braden, 55, ainda está internado em condição estável.

Crime de ódio

Suspeito pelo ataque, Payton Gendron é um homem branco. Armado e com equipamento tático, ele exibiu a cena de violência ao vivo por pouco mais de um minuto pela Twitch, plataforma de transmissão on-line de videogames. Conforme a polícia, ele chegou até o mercado de carro. Quando saiu do veículo, atirou em quatro pessoas no estacionamento, matando três delas. Em seguida, entrou na loja e continuou atirando.

O FBI investiga o caso como "crime de ódio" e "violência de extremismo racista". Investigadores também tiveram acesso a um "manifesto" publicado on-line pelo suspeito, que propaga ideias racistas contra negros e judeus. No documento, ele também atribui à internet a maioria de suas crenças e se descreveu como fascista, supremacista branco e antissemita.

Segundo a governadora de Nova York, a democrata Kathy Hochul, Gendron já era monitorado por autoridades americanas desde o ensino médio. Para realizar o ataque, ele também teria feito pesquisas demográficas procurando um local com alta concentração de moradores negros, segundo autoridades policiais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos