Polícia dos EUA investiga roubo de coleção de cartas de Pokemon avaliadas em US$ 500 mil

A polícia do estado americano da Carolina do Sul investiga o roubo de parte de uma valiosa coleção de cartas de Pokémon. Os itens, avaliados em US$ 500 mil, o equivalente a R$ 2, 6 milhões, estavam guardados na casa de Christopher Polydorou, um colecionador de diferentes tipos de cartas, de 62 anos de idade. As cartas sumiram da coleção do homem no dia 13 deste mês.

O americano mantém suas cartas em uma sala especial de sua casa, no condade de Spartanburg, onde a temperatura é controlada para melhor conservar os itens.

Segundo o boletim de ocorrência o qual o canal de televisão Fox Carolina teve acesso, as únicas pessoas a entrarem no aposento, além do dono da casa, haviam sido justamente os responsáveis por instalar o aparelho de ar condicionado do local.

As cartas de Pokémon tinham como companhia outras mais tradicionais, dedicadas a esportes populares nos Estados Unidos, como basebal, basquete e futebol americano.

Segundo Polydorou, as cartas foram adquiridas há mais de 20 anos e eram guardadas em caixas nunca abertas. Em uma delas, estavam exemplares de uma rara edição japonesa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos