Polícia dos EUA prende supremacista branco armado com facas nos arredores do Capitólio

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Polícia do Capitólio prendeu nesta segunda-feira (13) um homem com várias facas em uma caminhonete marcada com símbolos nazistas e ligados a movimentos de supremacia branca nos arredores da sede do Comitê Nacional Democrata, em Washington.

Segundo os oficiais, o homem foi abordado na madrugada quando os agentes notaram que ele portava uma baioneta e um facão dentro do veículo estacionado próximo ao prédio do partido de Joe Biden, que fica a cerca de 500 metros do Capitólio.

Donald Craighead, 44, foi identificado e preso por posse de armas proibidas. Aos policiais que o abordaram, ele disse que estava "em patrulha" e começou a discorrer sobre ideologias racistas.

A polícia não soube dizer se Craighead, morador de Oceanside, na Califórnia, cruzou o país para participar de uma manifestação organizada por apoiadores de Donald Trump prevista para o próximo sábado (18).

O ato foi convocado para demonstrar apoio aos quase 600 presos por participarem da invasão do Capitólio em 6 de janeiro. Insuflada por Trump às vésperas de sua despedida da Casa Branca, uma multidão invadiu o prédio do Congresso americano em uma ação que representou uma das maiores ameaças recentes à democracia do país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos