Polícia e manifestantes entram em confronto durante atos do dia 1º de maio em Berlim

Christian Mang
·1 minuto de leitura

Por Christian Mang

BERLIM (Reuters) - Cerca de 30.000 manifestantes foram às ruas durante os comícios do dia 1º de maio em Berlim no sábado, afirmou a polícia, acrescentando que quase 100 policiais ficaram feridos depois que algumas das manifestações se tornaram violentas.

A polícia prendeu 354 pessoas durante as manifestações, sob alegação de agressões físicas e invasão de propriedade.

Alguns dos ferimentos ocorreram depois que manifestantes atiraram fogos de artifício, garrafas e pedras em meio a protestos contra a desigualdade social. Cerca de 5.600 policiais foram mobilizados e alguns responderam com spray de pimenta.

Pelo segundo ano, os protestos marcaram o dia 1º de maio no país. A participação popular foi muito maior do que no ano passado, embora os requisitos de distanciamento social continuem em vigor.

Os protestos também atingiram outras capitais europeias, principalmente Paris, onde a polícia fez 46 prisões depois que latas de lixo foram incendiadas e as janelas de uma agência bancária foram quebradas.