Polícia encerra festa ilegal com centenas de pessoas na Holanda

·1 min de leitura
Policiais verificam carros de visitantes que deixam local de fábrica antiga onde acontecia festa ilegal em Rijswijk, na Holanda, em 1º de janeiro de 2022 (AFP/Sem VAN DER WAL)

A polícia interrompeu neste sábado (1º) uma festa ilegal em uma antiga fábrica na região central da Holanda, onde centenas de pessoas comemoravam desde ontem a virada do ano, informou a mídia local.

A festa começou na noite de sexta-feira (31) no hangar de uma antiga fábrica de tijolos em Rijswijk. Os moradores dos arredores afirmaram ter visto diversos veículos com placas de outros países europeus, como França, Alemanha, Espanha e Itália.

A polícia mobilizou centenas de agentes e dez furgões para acabar com a festa, segundo a emissora pública de televisão NOS.

Apesar de a intervenção policial ter ocorrido sem violência, diversas pessoas foram detidas pelos agentes, segundo o meio local Omroep Gelderland.

As restrições sanitárias foram endurecidas recentemente na Holanda. Uma semana antes do Natal, um novo "confinamento" foi imposto para desacelerar o surto de covid-19 provocado pela circulação da variante ômicron.

O comércio não essencial, restaurantes, bares, cinemas, museus e teatros ficarão fechados até 14 de janeiro, enquanto as escolas reabrirão no dia 9.

A reunião de pessoas só é permitida em áreas abertas, com algumas exceções como os enterros. Por outro lado, não há restrições aos deslocamentos.

cvo/mm/grp/bl/rpr

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos