Atentado próximo ao Palácio Presidencial de Kabul deixa pelo menos 5 mortos

Kabul, 12 abr (EFE).- Pelo menos cinco civis morreram nesta quarta-feira e um número indeterminado de pessoas ficaram feridas em um atentado suicida no exterior do Palácio Presidencial afegão em uma zona de alta segurança do centro de Kabul, informou à Agência Efe uma fonte oficial.

"De acordo com nossas informações, até agora cinco pessoas morreram no ataque, todos civis", indicou à Agência Efe um porta-voz do Ministério afegão do Interior, Najib Danish.

A fonte indicou que ainda não tem o número exato de feridos pela explosão, que ocorreu por volta das 16h local (8h30, em Brasília).

Um porta-voz da polícia de Kabul, Basir Mujahid, indicou à Agência Efe que a área do ataque está agora bloqueada pelas forças de segurança e as equipes de investigação, enquanto as equipes de socorro trabalham para evacuar os feridos.

"Ainda estamos esperando detalhes", acrescentou.

A zona do ataque é a mesma que em 5 de setembro do ano passado foi perpetrado um atentado duplo que causou a morte de 26 pessoas, entre eles dois generais, um chefe dos serviços de Inteligência e um comandante policial.

O atentado de hoje ocorre a poucos metros do escritório de Assuntos Administrativos da Presidência, que fica localizado a 400 metros do Ministério de Defesa.

Kabul está sendo palco de repetidos atentados neste ano.

O último de grande magnitude ocorreu no começo de março quando um grupo de suicidas, presumivelmente membros do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), atacou o principal hospital militar da cidade, deixando 35 mortos e 53 feridos. EFE