Polícia faz buscas em região onde prefeito de Duque de Caxias disse ter sido recebido a tiros

·2 min de leitura

A Polícia Militar faz buscas no Parque Paulista, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, horas após o prefeito Washington Reis (MDB) e sua equipe disseram ter sido recebidos a tiros, na manhã desta sexta-feira, na comunidade. Segundo a assessoria de imprensa de Reis, bandidos atiraram contra seu carro, na altura da Rua Tolstoi. O prefeito estava no local para visitar obras de pavimentação e drenagem que estão sendo feitas na região pelo poder municipal. Ninguém da equipe de Reis foi atingido. Não há marcas de tiros no veículo.

— Eram muitos homens no meio da rua. Foram muitos tiros. Ali é local de risco e foi ação do tráfico. Não foi nada contra mim. Foi contra qualquer um que chegasse com dois ou três carros — afirmou o prefeito.

Além do carro onde estava o prefeito, o deputado estadual Rosenverg Reis (MDB) e o vereador Sandro Lélis (MDB), havia ainda o carro da segurança e outro com a equipe de comunicação. Os seguranças do político reagiram aos ataques, mas nenhum dos veículos foi atingido.

A Polícia Militar informou que homens do 15º BPM (Duque de Caxias) foram verificar informação de disparos nas proximidades da Rua 24, no Parque Paulista, mas a equipe não encontrou possíveis vítimas nem criminosos. A corporação disse ainda que agentes fazem buscas na região.

Nota da Polícia Civil

De acordo com a 62ª DP (Imbariê), o carro não foi atingido por nenhum disparo de arma de fogo. Na ocasião, a comitiva do prefeito de Duque de Caxias, em veículos descaracterizados, se aproximou de um local onde estava acontecendo uma operação policial. Foi então que traficantes, na tentativa de afastar aqueles automóveis, efetuaram tiros de alerta.

No último dia 19, o carro do deputado federal Gutemberg Reis (MDB) foi alvo de disparos em Xerém, também em Duque de Caxias. O parlamentar não estava no veículo no momento.

Um segurança estava no carro a caminho da casa de Gutemberg Reis para levá-lo ao aeroporto de onde voltaria para Brasília. O ataque aconteceu enquanto o segurança dirigia pela Estrada Rio do Ouro, na altura do Km 51, em Xerém. Ele revidou os disparos. Criminosos que emparelharam o veículo contra o do deputado conseguiram fugir. A Polícia Militar disse que um terceiro veículo chegou a ser atingido pelos tiros, mas que ninguém se feriu. O caso foi registrado na 61ª DP (Xerém).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos