Polícia fecha festa de 2.500 pessoas na França por desrespeito a medidas contra Covid-19

·1 minuto de leitura

PARIS (Reuters) - A polícia francesa fechou uma grande festa no noroeste da França neste sábado, que acontecia desde a véspera de Ano Novo, desafiando o toque de recolher e as restrições contra o coronavírus.

Cerca de 2.500 pessoas compareceram a esta festa 'rave' em um armazém abandonado na cidade de Lieuron, perto de Rennes. Alguns dos participantes entraram em confronto com policiais.

O ministro do Interior, Gerald Darmanin, disse no Twitter que os participantes do evento foram multados e os organizadores foram identificados e serão processados.

A prefeitura de Ille-et-Vilaine disse no Twitter que 450 multas foram impostas até agora por comparecer a uma festa ilegal, violar o toque de recolher e não usar máscaras. As autoridades de saúde locais pediram aos participantes que se isolassem por sete dias.

(Reportagem de Marc Angrand e Leigh Thomas)