PF prende no Rio suspeitos de participar de atos antidemocráticos

Logo Agência Brasil
Logo Agência Brasil

A Polícia Federal prendeu hoje (16) uma pessoa suspeita de participar dos atos antidemocráticos após o segundo turno das eleições presidenciais. A prisão faz parte da Operação Ulysses, que ocorre em Campos dos Goytacazes. Também são cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

A investigação procura identificar lideranças que bloquearam rodovias que cruzam Campos, no norte do estado do Rio. E que também quem participou de ocupações em frente aos quartéis do Exército, na mesma cidade. Na operação, foram apreendidos celulares, computadores e documentos diversos.

Crimes

Notícias relacionadas:

"Durante a investigação, foi possível colher elementos de prova capazes de vincular os investigados na organização e liderança dos eventos. Além disso, com o cumprimento nesta segunda-feira dos mandados judiciais, expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, será possível identificar outros participantes ou coautores na empreitada criminosa", informou a Polícia Federal, em nota.

Os delitos investigados incluem associação criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito e incitação das Forças Armadas contra os poderes institucionais.

*Estagiário sob a supervisão de Mario Toledo