Polícia francesa desmantela rede de prostituição que explorava 30 brasileiras

·2 min de leitura

A polícia francesa desmantelou uma rede de prostituição de jovens brasileiras, comandada exclusivamente por cafetões brasileiros, que atuava nas regiões leste e sul da França. Treze pessoas foram detidas para interrogatório na segunda-feira (22), nas cidades de Marselha, Vitrolles, Fos-sur-Mer e Charleville-Mézières. Oito delas já foram indiciadas por proxenetismo e formação de quadrilha com agravante. Dois suspeitos cumprem prisão preventiva.

A rede de prostituição era liderada por quatro brasileiros que não tinham passagem pela polícia francesa. Eles eram assessorados por ex-prostitutas, que se encarregavam do recrutamento das meninas e da organização dos encontros com os clientes, por meio de chamadas para uma central telefônica. Os anúncios sobre as garotas eram publicados na internet. Cerca de 30 jovens brasileiras teriam sido recrutadas na França, Espanha ou diretamente no Brasil.

As relações sexuais pagas aconteciam em quartos ou apartamentos dedicados à prostituição em várias cidades do sul e do leste do país, como Martigues, Vitrolles, Fos-sur-Mer, Marselha, Charleville-Mézières, Fréjus e Rodez. O canal de TV CNews diz que a rede de proxenetismo estava em plena expansão e gerava lucros para os quatro "gerentes" do negócio.

As brasileiras que se prostituíam tinham de pagar de 250 a 300 euros por semana pelo local de trabalho, o equivalente a cerca de R$ 1.850. No entanto, os cafetões cobravam custos adicionais para cada serviço prestado às mulheres. Elas pagavam € 20 euros, cerca de R$ 124, pela central telefônica que marcava os passes, uma comissão para viagens, quando o cliente não morava na mesma cidade, taxas de segurança e logística.


Leia mais

Leia também:
Há mais prostitutas nas redes sociais do que nas ruas, denuncia relatório
Rede de prostituição de mulheres paraguaias é desmantelada na França
Governo francês anuncia plano para combater prostituição de menores

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos