Polícia identifica 19 dos 26 mortos em operação em Varginha (MG)

·2 min de leitura

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - O IML (Instituto Médico Legal) de Minas Gerais concluiu nesta quarta-feira (3) a identificação dos corpos de 19 das 26 pessoas mortas em uma operação policial realizada no domingo (31) em Varginha, sul de Minas Gerais.

O grupo, de acordo com as autoridades, se preparava para realizar roubos a bancos da cidade, em uma modalidade criminosa conhecida como "novo cangaço".

Dos identificados, dez são de Minas, sendo seis de Uberlândia e quatro de Uberaba, ambas cidades do Triângulo Mineiro. Outros três são de Goiás, dos municípios de Goiânia (2) e Rio Verde. Há dois ainda Distrito Federal --um de Brasília e um de Gama.

Os restantes são de Santos (SP), Caxias (MA), Nova Aripuanã (AM) e Porto Velho (RO). As idades dos mortos variam de 24 a 40 anos. As identificações foram feitas por impressões digitais.

A Polícia Civil de Minas Gerais investiga se os suspeitos já tiveram participação em outros crimes cometidos no país, o que será feito via exames de DNA. A operação que resultou nas 26 mortes foi realizada conjuntamente entre a Polícia Militar do estado e a Polícia Rodoviária Federal.

Segundo as autoridades, os suspeitos estavam em dois sítios localizados próximos a duas estradas opostas que dão acesso a Varginha.

Ao chegarem aos locais, segundo informações da PM, os agentes foram recebidos a tiros e, ao revidarem, mataram os suspeitos. Nenhum policial foi ferido ou morto no confronto. As investigações iniciais apontam que o alvo dos suspeitos seria uma agência do Banco do Brasil localizada no centro da cidade.

Nos sítios os policiais encontraram dez veículos, dez fuzis, três armas de grosso calibre e explosivos. A quantidade de carros e o armamento pesado levaram as autoridades a suspeitar se tratar de mais um ataque do que ficou conhecido como "novo cangaço".

Nessa modalidade, quadrilhas fortemente armadas invadem cidades de médio porte em carros e caminhonetes para roubar bancos e explodir agências. Ataques desse tipo já foram registrados em Uberaba e Araçatuba (SP), entre outros municípios.

*

VEJA A LISTA DOS MORTOS PELA OPERAÇÃO POLICIAL

Artur Fernando Ferreira Rodrigues, 27 anos, Uberaba (MG)

Dirceu Martins Netto, 24 anos, Rio Verde (GO)

Eduardo Pereira Alves, 42 anos, Brasília (DF)

Evando José Pimenta Junior, 37 anos, Uberlândia (MG)

Gerônimo da Silva Sousa Filho, 28 anos, Porto Velho (RO)

Gilberto de Jesus Dias, 29 anos, Uberlândia (MG)

Giuliano Silva Lopes, 32 anos, Uberlândia (MG)

Gleisson Fernando da Silva Morais, 36 anos, Uberaba (MG)

Isaque Xavier Ribeiro, 37 anos, Gama (DF)

Itallo Dias Alves, 25 anos, Uberaba (MG)

José Filho de Jesus Silva Nepomuceno, 37 anos, Caxias (MA)

José Rodrigo Dama Alves, 33 anos, Uberlândia (MG)

Julio Cesar de Lira, 36 anos, Santos (SP)

Nunis Azevedo Nascimento, 33 anos, Novo Aripuanã (AM)

Raphael Gonzaga Silva, 27 anos, Uberlândia (MG)

Ricardo Gomes de Freitas, 34 anos, Uberlândia (MG)

Romerito Araujo Martins, 35 anos, Goiânia (GO)

Thalles Augusto Silva, 32 anos, Uberaba (MG)

Zaqueu Xavier Ribeiro, 40 anos, Goiânia (GO)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos