Polícia identifica um dos assaltantes que roubaram shopping de luxo no Rio

A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) analisa câmeras de segurança da Sara Joias e do Village Mall, na Barra da Tijuca, um dos shoppings mais luxuosos da cidade, para identificar ao menos 10 bandidos que entraram na loja no último sábado (25). Segundo policiais da Delegacia de Homicídios, um dos ladrões já foi identificado. Após o roubo, os criminosos atiraram na vitrine da loja, fizeram clientes de escudo e, na fuga, mataram o segurança Jorge Luiz Antunes, que estava desarmado, com um tiro no rosto. que estava desarmado, com um tiro no rosto.

Parentes do segurança morto velam seu corpo no Cemitério municipal de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O enterro deverá acontecer no começo da tarde desta segunda-feira. Na manhã desta segunda-feira, a loja de luxo diz em nota que “lamenta profundamente o ocorrido” e “informa que está colaborando com as autoridades competentes na apuração de todos os fatos e fornecendo as informações necessárias para a completa investigação”.

A quadrilha buscava não só joias, mas principalmente relógios de grife que estavam no cofre. Pelo menos quatro homens armados com pistolas renderam os funcionários da joalheria Sara Joias, às 18h13. Em quatro minutos, encheram sacolas com as peças e fugiram.

De acordo com as investigações, no mínimo dez criminosos chegaram ao shopping horas antes do roubo. Eles acompanharam a movimentação de clientes e seguranças e três deles se sentaram em um quiosque de café em frente a joalheria. Um chegou a tomar capuccino.

Segundo testemunhas, em determinado momento, eles renderam os dois atendentes e caminharam com eles até a Sara Joias, uma das principais representantes no Brasil de grandes marcas de relógios de luxo. Dentro da loja, os criminosos — um quarto se juntou ao grupo — redenram os funcionários e caminharam com eles até o cofre da joalheria. Eles exigiram que lhes fossem entregues os relógios mais caros, mencionando especificamente as marcas Rolex e Cartier. Há modelos no mercado que custam mais de R$ 100 mil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos