Justin Bieber desmente incidente com polícia em Roma

O cantor Justin Bieber, em Las Vegas, no dia 15 de março de 2015

O cantor canadense Justin Bieber desmentiu nesta quarta-feira que tenha sido interrogado pela polícia italiana em Roma, onde se encontra para gravar um vídeo.

Segundo o site do jornal La Repubblica, os policiais foram até o Hotel Hilton em que o astro pop se encontra hospedado.

Procurada pela AFP, a prefeitura de Roma desmentiu uma eventual detenção do cantor de 21 anos, e o próprio Bieber informou no Twitter que são apenas "boatos, boatos e boatos". "Tudo está bem aqui (...), feliz na Itália com todas as pessoas amáveis. Obrigado. Super comida".

Há 15 dias, um juiz argentino pediu à Interpol uma ordem de prisão internacional contra Bieber, acusado de agredir um fotógrafo em Buenos Aires durante uma turnê em 2013 e não comparecer ante a justiça local.

Segundo o Corriere della Sera, os policiais italianos analisam se a intimação das autoridades argentinas ainda é válida e quais são os acordos neste campo entre os dois países.

Bieber, o atual 'enfant terrible' da música internacional, se encontra em Roma para gravar um videoclipe e cenas da sequência do filme "Zoolander 2", com Ben Stiller.