Polícia investiga caso de advogado TikToker baleado pela própria arma em ressonância magnética

O advogado e influencer armamentista Leandro Mathias Novaes, de 40 anos, foi baleado pela própria pistola ao acompanhar a mãe durante uma ressonância magnética em uma clínica dos Jardins, em São Paulo, nesta segunda-feira. Segundo a polícia, o magnetismo da máquina atraiu a arma e a fez disparar contra seu dono, atingindo-o no abdômen.

Crime: IML confirma que corpos encontrados em carro incendiado no DF são femininos

Entenda: O que se sabe sobre pai e filho que seriam mandantes dos assassinatos de suas próprias famílias, no DF

O advogado foi socorrido e levado para o Hospital São Luiz, onde segue internado. De acordo com o boletim de ocorrência, ele havia assinado um termo de contraindicação de ressonância magnética para os acompanhantes.

Ainda segundo a polícia, a arma estava devidamente registrada, e o advogado tem autorização de porte. O Laboratório Cura, onde ocorreu o incidente, afirmou por meio de nota que a vítima foi alertada para retirar todos os itens de metal que levava consigo. "Ambos assinaram termo de ciência com relação a essa orientação", diz a nota da clínica.

"Merece ser ressaltado ainda que, mesmo diante dessas orientações, a arma de fogo não foi mencionada pelo acompanhante, que entrou com o objeto na sala de exame por sua decisão", diz ainda o texto.

O caso foi registrado como disparo de arma de fogo, e uma perícia técnica foi requisitada pelo 14º Distrito Policial. Um inquérito foi aberto pelo 15º DP (Itaim Bibi), que investiga o episódio.

Defensor do porte de armas, Leandro Mathias Novaes tem uma conta no TikTok na qual posta vídeos sobre o tema. Na maior parte deles, o advogado tira dúvidas dos seguidores sobre porte de armas, CACs e a legislação relacionada. "Quantos tiros posso efetuar em legítima defesa?" e "CAC pode parar para almoçar no caminho do treinamento?" são alguns dos títulos dos vídeos publicados pelo advogado no Youtube.