Ataque com carro deixa um israelense morto e outro ferido na Cisjordânia

Jerusalém, 6 abr (EFE).- Um israelense morreu e outro ficou ferido após um atropelamento, supostamente proposital, no território ocupado da Cisjordânia, onde o motorista foi "neutralizado", informaram as fontes médicas e militares.

O fato aconteceu por volta das 9h45 (horário local, 4h45 de Brasília), em Ofra, ao norte da cidade palestina de Ramala, informou o serviço de emergências israelense Magen David Adom (MDA, Estrela de Davi Vermelha, equivalente à Cruz Vermelha).

"Nós chegamos ao local dois minutos depois do fato e começamos a tratar dos feridos. Infelizmente um deles morreu e o outro foi levado para o hospital", disse David Dalfen, paramédico da MDA.

A porta-voz do órgão, Lia Averbuch, afirmou que as vítimas têm cerca de 20 anos e que o rapaz que levado para o hospital Hadassah Har Hatzofim sofreu ferimentos leves na parte inferior de seu corpo.

"O responsável pelo ataque foi neutralizado", disse a porta-voz, sem precisar se ele foi morto ou se tratava de um cidadão palestino.

O Exército israelense, por sua vez, confirmou que houve o registro de "um incidente de atropelamento" no local e afirmou que "as Forças de Defesa de Israel capturaram o atacante".

De acordo com o site "Times of Israel", os dois israelenses caminhavam pelo encostamento da via no momento que foram atropelados. EFE