Polícia investiga se assassinato de pastor acusado de abuso sexual no Ceará foi motivado por vingança

·1 min de leitura

RIO — A Polícia Civil do Ceará investiga se o assassinato de um pastor evangélico acusado de abuso sexual foi motivado por vingança. O corpo de Francisco Lázaro Martins Rodrigues, de 55 anos, foi encontrado por agentes de segurança em via pública com lesões causadas por disparos de arma de fogo, a maioria na cabeça. O caso aconteceu na última quinta-feira, no município de Barreira, cerca de 73 km de Fortaleza.

No momento do crime, Francisco Lázaro voltava de uma delegacia, onde havia prestado depoimento sobre denúncias de crimes sexuais atribuídos a ele. A informação é do jornal O Povo. Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que equipes da Polícia Militar e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas durante a ocorrência e recolheram câmeras de segurança da redondeza para tentar localizar os autores.

Além do homicídio, a polícia ouve possíveis vítimas de estupro e pessoas próximas ao pastor para entender como ele praticava os abusos. A Secretaria de Segurança Pública não informou quantos depoimentos já foram colhidos até o momento. O caso segue em segredo de justiça.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos