Polícia investiga seis indígenas presos no Sul da Bahia por homicídio, tráfico e posse ilegal de arma de fogo

A Secretaria de Segurança da Bahia informou nesta sexta-feira (13) que seis indígenas presos ontem em Pau Brasil, no Sul do estado, são investigados por tentativa de homicídio, tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e outros crimes cometidos na Reserva Caramuru, localizada no município.

Tortura, estupros, desfiguração: O rastro de um serial killer que pode ter matado dez

'Socorro, nunca fiz isso': Serial killer teria matado prostituta por recusa de fantasia sexual

Os seis foram presos na Operação Arabutã, realizada em conjunto pelas polícias Civil e Militar na reserva. Na ação, também foram apreendidas uma pistola, uma espingarda artesanal, dois celulares, um notebook, 220g de drogas e 65 munições e uma balança.

A operação também cumpriu mandados de busca em uma penitenciária de Itabuna, também no Sul da Bahia. Dividida entre os municípios de Pau Brasil, Camacan e Itaju do Colônia, a reserva Caramuru é habitada pelo povo Pataxó Hã Hã Hãe.