Polícia israelense prende dois dos seis palestinos que fugiram da prisão

·1 minuto de leitura
Policiais e jornalistas ao redor da saída de túnel usado por seis palestinos para fugir da prisão de Gilboa, em Israel (AFP/Jalaa MAREY)

A polícia israelense deteve nesta sexta-feira (10) no norte de Israel dois dos seis palestinos que escaparam de uma prisão israelense no início desta semana, informaram as forças de segurança.

"A polícia da zona norte recentemente capturou dois dos prisioneiros fugitivos (...) na cidade de Nazaré", disse a polícia em um comunicado, sem dar mais detalhes.

As forças de segurança hebraicas continuam as buscas e capturas, depois que na segunda-feira seis palestinos fugiram da prisão de alta segurança de Gilboa, no norte de Israel, por meio de um túnel cavado debaixo de uma pia.

O exército israelense anunciou na quarta-feira a implantação de novos reforços na Cisjordânia, um dos enclaves palestinos ocupados, para perseguir os fugitivos.

Os seis prisioneiros eram membros de grupos armados palestinos e foram presos sob a acusação de preparar ataques contra os interesses israelenses.

As autoridades hebraicas expressaram seu medo de que esses fugitivos cometessem novos atentados.

Entre eles estava Mahmud Ardah, identificado pela mídia como o arquiteto da fuga, que foi condenado à prisão perpétua por sua militância no grupo Jihad Islâmica.

dms/feb/eb/meb/ic/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos