Polícia de Londres investiga festas na residência de Boris Johnson durante lockdown

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A Polícia Metropolitana de Londres anunciou nesta terça-feira (25) que vai investigar as várias festas realizadas na residência oficial de Boris Johnson, em Downing Street, que violaram as regras de lockdown em vigor. O inquérito aumenta a pressão sobre o premiê, que tenta manter seu cargo.

A chefe de polícia Cressida Dick afirmou que serão investigadas todas as infrações às regras de restrição de circulação nas dependências do governo britânico nos últimos dois anos.

O anúncio da investigação policial acontece no dia seguinte da revelação de uma nova festa clandestina – e de um novo escândalo envolvendo o nome do premiê.

De acordo com uma reportagem do canal televisivo iTV, Johnson participou de uma festa organizada por sua esposa Carrie para comemorar seu aniversário com cerca de 30 pessoas. A festa teria acontecido em junho de 2020, quando o Reino Unido passava por seu primeiro lockdown e reuniões como esta estavam proibidas.

Como justificativa, um porta-voz de Downing Street afirmou que o primeiro-ministro teria ficado “menos de 10 minutos” em uma celebração com pequeno número de familiares.

O caso é apenas a cereja do bolo de um escândalo que inclui uma festa com música regada à álcool nos jardins da residência oficial quando o país acumulava regras de restrições sanitárias e o luto do príncipe Philip em abril de 2021.

Sem exceções

(Com informações da AFP)


Leia mais

Leia também:
Aumenta pressão para que Boris Johnson deixe o governo por escândalo de festas durante lockdown

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos