Polícia de Nova York prende 25 em protesto sobre imigração na Trump Tower

Policiais levam e escoltam manifestantes detidos durante protestos na Trump Tower, em Nova York 13/04/ 2017. REUTERS/Brendan McDermid

NOVA YORK (Reuters) - A polícia de Nova York prendeu nesta quinta-feira 25 pessoas que protestavam no lobby da Trump Tower contra as políticas de imigração e para as fronteiras do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Os manifestantes se sentaram na frente dos elevadores e gritaram "sem proibição, sem muro!", e as forças de segurança fecharam os acessos públicos à propriedade do presidente, um arranha-céu comercial e residencial onde a primeira-dama Melania Trump e o filho Barron Trump ficam enquanto o presidente está em Washington.

Enquanto policiais fortemente armados faziam a guarda bloqueando as entradas, outros policiais levavam os manifestantes para os carros da polícia.

O edifício no coração da Quinta Avenida também foi a sede da campanha de Trump e tem sido sua residência principal durante anos. O lobby está aberto ao público, embora a segurança tenha sido reforçada à medida que a campanha de 2016 progrediu e Trump foi eleito presidente.

A polícia disse em um comunicado que acusações estavam pendentes.

(Reportagem de Daniel Trotta)