Polícia prende acusado de estuprar os filhos de três e sete anos; uma das crianças pediu socorro por cartas

Um homem, de 46 anos, foi preso nesta segunda-feira por policiais da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Niterói, acusado de estupro de vulnerável. As vítimas eram os próprios filhos dele, de três e sete anos. Os agentes apreenderam, durante as diligências, duas cartas escritas por uma das crianças, com um desesperado pedido de socorro, além de relato dos abusos.

Crime contra mulher: Preso por matar esposa em Vila Isabel morre após infartar em presídio

Segurança pública: Câmeras em uniformes de PMs não reduzem mortes em primeiro mês de uso

Os policiais encontraram também uma bolsa contendo preservativos, remédios para disfunção erétil e lubrificantes íntimos, que seriam do acusado. As investigações comprovaram que os abusos eram frequentes. De acordo com a investigação, o homem coagia as crianças a não relatarem os abusos sofridos, sob ameaças de matar a mãe e a avó delas.

Cárcere privado: material recolhido em casa deve ser enviado para análise nesta segunda-feira

Testemunhas e vítimas relataram que o homem se aproveitava da ausência da mãe de seus filhos para abusar sexualmente das crianças. A mãe flagrou um desses atos de violência e procurou a delegacia, onde formalizou a denúncia.

O acusado foi capturado em uma plataforma petrolífera na Bacia de Santos, em São Paulo. Segundo a Polícia, a prisão foi possível graças ao trabalho de inteligência e integração com as empresas que operam a base petrolífera. Contra o acusado foi cumprido um mandado de prisão temporária.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos