Polícia prende Léo GTA, procurado por invasão de centro de distribuição em Caxias

·1 minuto de leitura

RIO - A polícia prendeu Leonardo Santos Costa Falcão, o Léo GTA, na madrugada deste sábado em um motel em Xerém. Ele era procurado pela suspeita de um assalto no Centro de Distribuição do Grupo Pão de Açúcar, em Duque de Caxias, também na Baixada. O caso aconteceu em junho do ano passado e terminou com um vigilante morto e outro baleado.

Léo GTA teria fugido do Complexo da Maré, durante a operação feita pela Polícia Militar no local, e se escondido em Xerém.

Em agosto de 2020, a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) indiciou a sete pessoas pelo crime, entre elas dois chefes do tráfico na favela Nova Holanda, no Complexo da Maré. Os outros foram Iago Matos da Silva, Luciano Rodrigues de Almeida, Mateus Marques da Silva e João Pereira de Araújo Júnior.

A investigação apontou que o crime foi praticado pela quadrilha especializada em realizar roubos milionários a centros de distribuição de cargas.

O depósito foi invadido por cerca de 30 criminosos. A carga roubada, de aparelhos eletrônicos, foi avaliada em cerca de R$ 15 milhões e transportada em dois caminhões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos