Polícia prende na Dutra chefe de milícia suspeito de matar agente federal na Zona Oeste do Rio

Leandro Pereira da Silva, conhecido como “Léo do Rodo”, suspeito de envolvimento na morte do policial federal Ronaldo Heeren, foi preso na madrugada de sábado (15). A operação aconteceu na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele seria o chefe da milícia nas comunidades do Rola e Antares, na Zona Oeste do Rio. A prisão aconteceu  na madrugada de sábado (15).

Enquanto os agentes faziam patrulhamento na rodovia, por volta das 4h, desconfiaram de dois homens e duas mulheres que estavam em um carro. Ao revistar o veículo, encontraram duas pistolas, calibre .40, carregadores e uma granada.

Saiba mais:

Através de consulta nos sistemas de segurança pública, constataram que um deles era foragido da justiça, por ser responsável por uma milícia que atua em comunidades da Zona Oeste.

O homem estaria fugindo de Santa Cruz, porque é suspeito de envolvimento na morte do policial federal Ronaldo Heeren, ocorrido na última quinta-feira (13), na comunidade do Rola.

Os milicianos da região são conhecidos pela violência e por obrigar moradores e comerciantes a pagar de taxas por diversos serviços, como a venda de botijões de gás, água mineral, centrais clandestinas de TV, transporte alternativo, grilagem de terras, comercialização de lotes, além da exploração de caça-níqueis.

A ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263)