Polícia procura por atiradores de festa em Pittsburgh, nos EUA, que mataram duas pessoas

·1 min de leitura

(Reuters) - A polícia procura pelos atiradores que abriram fogo em uma festa em Pittsburgh, nos Estados Unidos, e mataram dois jovens nas primeiras horas deste domingo.

As duas vítimas tinham menos de 18 anos, enquanto outras oito pessoas sofreram ferimentos a bala, disse a polícia, atualizando informação anteriormente dada à imprensa.

Outras cinco pessoas ficaram feridas ao pularem das janelas da casa ou ao tentarem escapar dos tiros na casa, onde centenas de pessoas, a maioria jovens, se reuniam em uma grande festa.

O chefe de polícia de Pittsburgh, Scott Schubert, disse que evidências até aqui sugerem que houve vários atiradores e que os investigadores acreditam que uma briga pode ter levado ao tiroteio, sem mais detalhes. As autoridades não forneceram os nomes das duas vítimas até agora.

Mais de 90 tiros foram disparados em meio a "muito caos", com os investigadores vasculhando por pistas e recuperando diversas armas, bem como diferentes cartuchos de munição, disse Schubert.

Tiros foram disparados dentro e fora da casa e a polícia pediu a testemunhas e pessoas que compareceram à festa para se apresentarem e compartilharem vídeos ou quaisquer outras evidências.

(Por Maria Caspani em Nova York e Anirudh Saligrama em Bangalore((Tradução Redação Brasília, 55 11 5047-2695)); REUTERS BC)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos