Polícia procura suspeita de furtar joias em condomínio de luxo em BH

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - A Polícia Militar de Minas Gerais procura uma mulher suspeita de arrombar um apartamento e furtar joias em um condomínio de classe alta no bairro Luxemburgo, em Belo Horizonte. O crime teria ocorrido na tarde de quarta-feira (26) e a ação foi filmada por câmeras de segurança. Ela não foi identificada.

De acordo com a PM, os proprietários do imóvel teriam instalado câmeras de segurança no apartamento há cerca de um mês. As imagens permitem ver o rosto da autora e toda a sua movimentação no apartamento. Ela teria permanecido com o celular ligado durante a ação, recebendo orientações de outras pessoas.

A mulher teria chegado ao apartamento, arrombado a porta e ido direto para o quarto onde estavam as joias e os demais objetos de valor. Durante a ação, ela teria utilizado luvas, para não deixar impressões digitais. De acordo com a polícia, a quadrilha possuía informações privilegiadas que possibilitaram o furto.

Segundo o porteiro, em depoimento aos policiais, ele confundiu a autora com uma hóspede de outro apartamento e liberou sua entrada. A mulher teria chegado ao prédio por volta das 15h e permanecido no apartamento por cerca de 50 minutos. Na saída do condomínio, um homem desconhecido a aguardava e eles foram embora juntos.

De acordo com a PM, a vítima, de 64 anos, estava muito nervosa no registro da ocorrência e não conseguiu elencar a totalidade dos objetos que teriam sido levados.

Os militares seguem tentando rastrear a autora e os demais envolvidos. O caso foi encaminhado para investigação da Polícia Civil.

A corporação informou que, assim que acionada, na noite de quarta-feira, se deslocou para o local dos fatos. No apartamento foram realizados trabalhos de perícia e coletados elementos para ajudar na investigação do caso.