Polícia queima 1,5 tonelada de maconha e vizinhos reclamam do cheiro na Colômbia

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Os habitantes de Bello, cidade que faz parte região metropolitana de Medellín, Colômbia, foram surpreendidos por uma fumaça de cheiro forte, que praticamente cobriu boa parte das ruas nesta terça-feira (12).

Preocupados com a possibilidade de um incêndio de grandes proporções, os moradores ligaram para a prefeitura a fim de descobrir o que estava acontecendo na área e descobriram que se tratava de uma queima de maconha.

Policiais colombianos queimaram 1,5 tonelada da droga apreendida recentemente. A queimada aconteceu em um batalhão policial, localizado em um bairro residencial, chamado El Mirador, e o vento levou a fumaça para toda vizinhança.

"Sentimos uma fumaceira muito horrível que saia lá do batalhão, um cheiro de maconha tremendo que travava todo mundo", disse Edilberto Castaño, um dos moradores que deu um depoimento à uma emissora da TV local.

Outros moradores relataram também que a fumaça chegou a provocar tontura e mal-estar. "Fiquei muito tonto e grogue a tarde toda.

Cabe a cada um continuar trabalhando, mas sou uma pessoa que não estou acostumada com essas coisas e passei mal", revelou na mesma reportagem Robinson Sepúlveda, vizinho do batalhão.

De acordo com as autoridades colombianas, não houve relato de um caso mais grave de intoxicação ou problema respiratório.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos