Polícia relata mortos e feridos em tiroteio na Califórnia

·2 minuto de leitura
Os homicídios, em sua maioria realizados com armas de fogo, aumentaram 30% no ano passado em relação a 2019, e neste ano já registrou entre 20% e 25% a mais do que há 12 meses

Várias pessoas morreram em um tiroteio, nesta quarta-feira (26), em uma instalação de transporte público do metrô de superfície em San Jose, na Califórnia, informou a polícia local, no último caso de violência armada nos Estados Unidos.

"Não posso confirmar o número exato de feridos e vítimas fatais. Mas posso dizer que há vários feridos e vários mortos neste caso", declarou à imprensa Russell Davis, da polícia do condado de Santa Clara, acrescentando que o atirador foi morto.

O tiroteio aconteceu perto de uma instalação da Valley Transportation Authority (VTA), que gerencia o transporte público na região.

Funcionários da VTA estão "entre as vítimas", segundo a polícia.

Agentes da polícia se dirigiram para o local do ataque em San Jose - um centro de tecnologia do Vale do Silício com quase um milhão de habitantes - depois de receber alertas de um "atirador ativo".

O prédio onde ocorreu o incidente é um centro de controle para a VTA e também é usado como garagem e pátio de manutenção.

A VTA anunciou que seus funcionários foram evacuados e que os serviços de transporte público não seriam afetados.

Várias pessoas estavam recebendo tratamento médico na área do crime, disse o prefeito de San José, Sam Liccardo.

"Nossos corações estão com as famílias daqueles que perdemos neste horrível tiroteio", disse ele em sua conta no Twitter.

Ainda não está claro se o atirador era um trabalhador do local.

Um meio de comunicação afiliado à rede Fox News indicou que o tiroteio, inicialmente relatado antes das 07h locais (11h no horário de Brasília), ocorreu durante uma reunião sindical, citando a mãe de um funcionário que escapou ileso do incidente.

A polícia não deu detalhes sobre como o agressor foi morto ou o tipo de arma usada no crime. Dezenas de carros de polícia e caminhões de bombeiros se alinhavam nas ruas perto da estação e das plataformas de trem.

Os Estados Unidos têm uma longa e dolorosa história de violência armada, com tiroteios e massacres em escolas, locais de trabalho e shopping centers.

Tiroteios em massa ocorreram nos últimos meses nas instalações de uma empresa de entrega da FedEx em Indianapolis, um prédio de escritórios na Califórnia, um supermercado no Colorado e em spas em Atlanta.

bur-jm/ft/mr