Polícia resgata 77 pessoas presas por pastor em igreja para 'esperar vinda de Jesus' na Nigéria

A polícia da Nigéria resgatou 77 pessoas, incluindo crianças, que foram presas em um igreja no estado de Ondo, sudoeste do país. Conforme as autoridades locais, alguns integrantes do grupo estavam no local há meses sob a justificativa de que deviam esperar a Segunda Vinda de Jesus Cristo para a Terra.

— A investigação preliminar revelou que Josiah Peter Asumosa, pastor assistente da igreja, foi quem disse aos membros que o Arrebatamento cristão ocorreria em abril, mas depois disse que foi alterado para setembro de 2022 e obrigou os jovens membros que obedecessem 'apenas seus pais no Senhor' — disse a assessora de imprensa da polícia Funmilayo Odunlami neste sábado, conforme a BBC.

A Segunda Vinda é uma crença cristã no retorno de Jesus Cristo após sua ascensão bíblica ao céu. Já arrebatamento é a ideia de que os cristãos serão levados para o Céu após a chegada do Salvador.

A polícia encontrou o grupo depois que pais e mães procuraram as autoridades dizendo que os filhos estavam desaparecidos e acreditavam que eles estavam na igreja. Ao todo, os agentes resgataram 26 crianças, oito adolescentes e 43 adultos num apartamento no subsolo do templo.

— Uma família que também estava por perto durante o resgate disse que sua filha abandonou a escola devido aos ensinamentos duvidosos do pastor e saiu de casa em janeiro para começar a viver na igreja — revelou Odunlami.

O pastor da igreja pentecostal, David Anifowoshe, e seu assistente foram presos, enquanto as vítimas foram levadas aos cuidados das autoridades. A dupla será investigada e deve responder pelo caso criminalmente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos