Polícia retira barreiras que protegiam Trump Tower em Nova York

·1 minuto de leitura
A entrada da Trump Tower em Nova York

A polícia retirou as barreiras que protegeram a Trump Tower em Nova York por quatro anos, a residência de Donald Trump antes de chegar à presidência em 2016 e onde estão os escritórios de sua imobiliária.

Na sexta-feira passada, "em colaboração com o serviço secreto dos Estados Unidos, foi tomada a decisão de remover as barreiras em torno da Trump Tower", disse um porta-voz da polícia de Nova York à AFP nesta quinta-feira.

O ex-presidente não retornou ao seu triplex da Quinta Avenida após sua derrota para o democrata Joe Biden nas eleições, optando em vez disso por mudar-se para seu clube de golfe Mar-a-Lago, na Flórida, sua residência oficial desde o final de 2019.

Numerosos protestos antigovernamentais ocorreram em frente à Trump Tower durante a gestão do magnata republicano.

No verão passado, o prefeito democrata Bill de Blasio, grande inimigo de Trump, convidou um grupo de militantes a pintar um enorme mural com letras amarelas na rua em frente à Trump Tower: "#BLACKLIVESMATTER" (Vidas Negras Importam).

cat/lbc/gm/am