Polícia retira manifestantes e anuncia que Congresso está seguro

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O prédio do Congresso dos Estados Unidos, conhecido como Capitólio, já está seguro, informou a polícia de Washington na noite desta quarta-feira (6) após mais de três horas de tensões. Apesar disso, legisladores, funcionários e jornalistas continuam dentro dos abrigos do complexo. Os manifestantes, que invadiram, saquearam e vandalizaram escritórios do Congresso já foram retirados do local. A polícia apreendeu cinco armas e deteve ao menos 13 pessoas durante os atos envolvendo apoiadores do presidente Donald Trump, disse o chefe do Departamento de Polícia Metropolitana, Robert J. Contee, durante uma entrevista coletiva. As armas de fogo incluíam revólveres e armas longas, e nenhuma das pessoas presas era moradora de Washington, informou a polícia. Na mesma entrevista coletiva, a prefeita Muriel Bowser classificou os protestos como "vergonhosos" e "antipatrióticos". Ela decretou toque de recolher na capital do país entre as 18h desta quarta e as 6h de quinta (7). Parlamentares democratas e republicanos pediram que o processo de certificação dos votos do Colégio Eleitoral seja retomado agora que a segurança do prédio foi reestabelecida, mas ainda não há informações claras se e quando isso vai começar.