Polícia tenta achar vítimas de homem que se passava por oficial da Aeronáutica em app de paquera para dar golpe

Extra
·1 minuto de leitura

Um homem que se passava por oficial da Aeronáutica para dar golpes por meio de um aplicativo de paquera foi preso por policiais da 22ª DP (Penha). As vítimas eram mulheres acima de 50 anos. De acordo com as investigações, eles iludiam as vítimas para roubar pertences dela, principalmente telefones celulares. Vinte e oito aparelhos foram apreendidos com o suspeito no Terminal Américo Fontenelle, na Gamboa, região central do Rio.

A suspeita é que o homem agia com outros três golpistas. Oito vítimas já foram identificadas. Os investigadores tentam, agora, localizar as donas dos celulares apreendidos.

— Ele fazia perfis falsos. E aí apagava e fazia um outro perfil. Sempre com fotos falsas. Queremos localizar as donas desses celulares — disse o delegado Wellington Vieira, titular da 22ª DP.

O polical pede que as mulheres que reconhecerem os aparelhos comareçam à delegcia. Informações podem ser passadas para o Disque-Denúncia (21 2253-1177).